Decoração e moda

1

Quando encontramos nosso estilo, tudo fica mais fácil e nossa confiança aumenta. Se vestir de acordo com sua personalidade é uma arte e atrai diversos benefícios, assim como decorar a casa. Para sentir que é seu lar, a decoração deve estar de acordo com seus moradores. Por provocarem respostas variadas no nosso sistema nervoso, a escolha de cores, mobília e posições compatíveis com os donos são essenciais para a harmonização do lar. Afinal, nada melhor do que receber amigos na sua casa e ouvir um “nossa, isso aqui tá a sua cara!”.

Clássico ou Tradicional: pra começar, um estilo que a maioria se identifica. É atemporal e baseado em cores básicas, sólidas. Portanto, se você se identifica com o clássico e tradicional, saiba que você nunca estará fora de moda e sua casa será moderna sempre.

4

Olivia LopezPeter AdrianAnnemiek .

3

Intelectual: toda pessoa que gosta de estudar, tem vários livros e com certeza estuda melhor em um ambiente organizado e limpo. Em ambientes como esses, as cores normalmente são mais claras e transmitem calma, paz.

3

Yoshi SudarsoVeronica FerraroLeon David

4

Glamour: quando se pensa no estilo “glam” na decoração, é como se sua casa estivesse “vestida pra festa” sempre. Muito brilho, muita luz e detalhes personalizados são marcantes, assim como nas roupas deste estilo.

1

Kier MellourLauren HennoMaria De La Cruz

1

Boêmio: uma pessoa boêmia é alguém que leva uma vida despreocupada, farrista. Normalmente comparada com ciganos.

A expressão “boho chic” já foi febre entre celebridades, blogueiras e todas que gostam de moda. Batas, camisas estampadas, short jeans, calças largas e conforto nos pés são suas características fortes. Normalmente quem gosta do estilo, compra suas roupas em brechós.

1

4

Adam Gallagher1

Retrô: mulheres super femininas, homens elegantes. Esse estilo é para pessoas únicas. Filmes antigos são a inspiração tanto ao se vestir quanto ao decorar a casa. Os utensílios têm um toque forte vintage, cores alegres e sempre em algum cômodo terá um belo papel de parede e pisos diferentes.

1

Audrey G.Ariadna MajewskaAbdul Fraicheur

1

Rock: bandas, guitarras como decoração e caveiras também podem harmonizar o ambiente. Com poucos acessórios, sua casa pode ficar a sua cara.

1

David GuisonFaustine LaraMohcine Aoki

2

 por gabriela

Advertisements

A nova geração de modelos

1

As diferenças entre a moda de hoje e do passado são grandes e fazem parte da nossa evolução. Atualmente, acredito que a valorização dos direitos humanos pode ser um dos marcos de tudo que vivemos. A aparência pode ser bem valorizada, mas também há um apelo pelo respeito aos seres humanos e sua imagem e isso só tende a crescer ainda mais no futuro.

Aos poucos, a moda tenta adequar a esse novo padrão da sociedade e vemos modelos mais humanas. Não são mais “apenas cabides”, como eram denominadas no passado.

– Plus Size – nas décadas de 80/90, o perfil do mercado de modelos era: mulheres altas e curvilíneas. Tudo mudou quando Kate Moss apareceu. A modelo, absurdamente magra e não tão alta assim, mudou os padrões e se tornou um ícone. Atualmente, vemos uma luta pela valorização de todos os tipos de corpos e raças. E é por isso que ocorreu a popularização de modelos plus size em revistas de moda e propagandas de marcas famosas. 

1

Tara Lynn e Justine LeGault

 Vida das modelos – modelos se tornaram celebridades, têm seus próprios programas de tv e até seu estilo é copiado por várias adolescentes. Antes, toda modelo tinha que ser básica. Salto, calça jeans e blusa lisa. Modelos como Cara Delevingne desafiam esse “protocolo”. Vale também destacar os dotes culinários da modelo Jourdan Dunn em Well Dunn,  no canal JAY Z’s Life+Times. 4

Behati Prinsloo, Cara Delevingne e Jessica Hart (2).

logo por gabi

O cropped foi mas a barriga de fora continua

1

Barrigas de fora são a febre do ano de 2013 mas para um grupo bem seleto de meninas. No passado, era comum vermos blogueiras, editoras e pessoas que trabalham com moda em geral falarem mal de qualquer uma que mostrasse o umbigo no dia a dia.

Como nunca devemos dizer nunca, a moda que já estávamos acostumados nos anos 90 foi transformada em algo  super elegante (juro!).

2

Como disse antes, usar a barriga de fora é bem perigoso. Se você der uma olhada e entender bem a essência das fotos abaixo e o poder do bom senso na vida, você vai longe e conseguirá usar se dar bem.

E outro cuidado importante: toda mulher deve ter classe. Observe que em todas as fotos há um equilíbrio em conjunto com as outras peças de roupa para não ficar vulgar. Quanto menos mostrar, melhor pra você.

E outra: não adianta, esse estilo só fica bom pras magrinhas. E tem que ser magra mesmo, não adianta nem disfarçar. Mas vamos ver o lado bom: 90% das magras não usam direito e o “estilo” fica bem duvidoso.

E agora vamos dar uma olhada nos outros 10% pra nunca mais errar na vida!

6

My Showroom PriscilaAdriana GastélumZina CHAndrea GomezJessica R.Dominique B.

3

Beleza sustentável

8Muitas vezes vemos milhares de garotas usando a mesma peça de roupa da marca x, além de lojas populares que com a mesma estampa fazem saias, vestidos, blusas…

Brechós e bazares são um “remédio” contra isso e a favor da originalidade. Tudo isso com um preço absurdamente baixo.

Bom, vou contar minha experiência com brechós/bazares mostrando o que eu tenho de lá e quanto custou. (As fotos são bem caseiras, não reparem!)

1Fui ao Minas Trend Preview usando esta camisa que comprei em um brechó. Ela tem um tema náutico que é atemporal e clássico. O mais legal é saber que as chances de encontrar alguém com a mesma camisa que eu são praticamente nulas! Ela custou R$ 8,00!

Usei esse vestido marrom com um cardigã cinza e sapatilhas. Ele é bem estilo “vovó” em cima mas é curtinho embaixo. Eu amo essa estampa! Quando comprei, ficou um pouco apertado no busto mas como custou somente R$ 12,00,  dei meus ajustes pra ficar perfeito. A qualidade dele é incrível.

65129_311773368940329_1316443256_nEssa é bem pro dia a dia mesmo. Foi bem baratinha e já vi diversas marcas com camisas praticamente idênticas a essa só que umas 20 vezes mais caras, obviamente.

Além dessas, devo ter umas 10 camisas diferentes só de brechós. Uma história que me lembro bem foi dar uma olhadinha num bazar e ver uma camisa preta transparente lindíssima. Perguntei o preço e a moça disse “essa daí é aquelas da moda, não é? Faço por R$ 1,00”. A camisa é incrível, de qualidade e custou um real. Fiquei conversando com a dona do bazar, que é uma ótima costureira e me mostrou sua coleção. O melhor desses lugares é fazer amizades com pessoas que admiram coisas antigas e moda. Em um brechó que vou sempre que posso, a dona de lá separa as roupas que têm a minha cara e guarda pra mim, não vende por nada! Posso voltar lá só daqui a três meses mas ela vai guardar, porque é “a minha cara”.

8

A Shareen Vintage é dos EUA e também tem esse clima gostoso de lugar antigo. É talvez um dos brechós mais famosos de todos. O diferencial de lá é que as roupas antigas são modernizadas para se adequarem a nossa época. A ideia sustentável fez tanto sucesso que virou um programa de tv. Dresscue me passa na Fox Life e mostra um pouco sobre a história da dona do negócio e das clientes que passam na loja. A intimidade em brechós é incrível e foi bem explorada no programa.

Outro fator importante que me motiva a comprar  em brechós é a sustentabilidade. Toneladas e mais toneladas de roupas são descartadas a cada ano e cerca de 80% delas estão em perfeitas condições. Esse tanto de roupa jogada se acumula junto com a grande quantidade de lixos produzidos em aterros sanitários, o que piora ainda mais a nossa situação. Pra acabar com esse problema, a reutilização é muito importante. Não jogue suas roupas fora. Sempre tem alguém que precisa. Sempre tem como reutilizar.  Se não for doar para campanhas, que tal doar para brechós e bazares? São alternativas sustentáveis e você pode até conseguir vender suas roupas antigas pra lugares como esses!

E pra encerrar o post, ficamos com quatro looks de peças que foram compradas na Shareen Vintage. Ainda bem que os antigos donos não jogaram no lixo…

8

por gabriela

Básico & Clássico

3

Nem sempre queremos chamar atenção ou temos tempo pra pensar sobre isso no dia a dia. Precisamos ser discretos em diversas ocasiões da nossa vida. Cores e padrões clássicos ajudam muito nesse caso. Listras, azul marinho, branco com preto, tons de pele, cinza são peças que todo mundo deve ter por simplesmente não ter erro ao serem combinadas juntas. Além disso, você pode criar uma produção elegante sem dedicar tanto tempo pensando nisso. Essa dica está me ajudando muito, até porque vocês já perceberam que nem tempo pra postar aqui eu tenho mais!2

Jenny OngJennifer GraceAdam GallagherIvy Xu,  Jennifer GraceEdward Honaker

ikat everywhere

1Lá vou eu fazer mais um post sobre tecidos.  A verdade é que passei a amar esse assunto, principalmente esse ano. Talvez tarde demais, mas o que importa é dar valor a uma arte maravilhosa e milenar que não pode morrer. O ikat caiu no gosto de todos os tipos de designers e amantes da arte. Descobri até que o Brasil tem uma pequena participação na fabricação do ikat no passado. O nosso pau-brasil era utilizado para fazer os tons de rosa e vermelho. Na região da Ásia Central, o ikat chamado “Suzani”, era um dos mais luxuosos. O mais lindo é que “Suzani”, significa “Beleza que vem da tribo”.

No Uzbequistao, o ikat utilizado nos robes das pessoas indicava seu status social. Havia até leis severas que puniam uma pessoa que usava um robe que indicava um status maior do que realmente era.

O resultado do sucesso é esse: todos nós que não convivemos com essa cultura copiando e usando em tudo. Merece todas as nossas homenagens e reconhecimento. O ikat é uma daquelas coisas atemporais. Pode passar o tempo que for, nunca cairá.

1

Karina P.

2

3

Vestido Ikat – Vamastyle

Kristal Anderson

3

Cartões de agradecimento em ikat.

5

Tapete – Urban Outfitters 

SONY DSC

http://murmurshop.ch/

Nina Britschgi

1

Legging ikat para crianças! Linda.

http://ragstostitches1.tumblr.com/

Cortina ikat

logo linda

E por último, ikat até na logo do Bunita!

Bunita para Homens: Estilos

1

1

1

2

3

1 2Edward Honaker. Para conhecer seu blog, clique aqui.

Como vocês devem ter percebido, os três estilos são usados pela mesma pessoa. Na verdade, todos os dias usamos  peças diferentes, porque estamos em estados diferentes. Alguns meninos me pedem pra só postar foto e etc mas é bom dar umas dicas também e hoje tenho três, algumas são antigas porém boas pra reforçar.

1) Tênis velho e sujo pode sim parecer estiloso! Só ser arrumadinho no resto, porque senão pareceria um mendigo, não é?

2) “Quebrar” a aparência formal com jaqueta de couro. Em algumas ocasiões, fica legal até pra usar em algumas festas. Lembrando que depende muito do traje recomendado.

3) Camisas sociais com suéter por cima. Sei que muitos de vocês não gostaram do terceiro estilo. Pra adequar ao que vocês gostam, deixem a parte de cima e coloquem uma calça jeans com tênis. Pronto.

Exemplo:

Cores!

1Muita gente tem problemas com o uso de cores. Não sabem como combinar, usar e têm medo de chamarem atenção demais. A verdade é que não tem erro. O Bunita vai explicar um pouco sobre os jeitos mais legais de colocar um pouco de cor no seu guarda roupa, lembrando sempre da moderação e bom gosto!

aPara quem tem o estilo básico, não adianta forçar! O uso de cores deve ser moderado pra se sentir realmente bem com aquilo. Uma peça de um tom forte, combinada com uma cor básica já faz uma enorme diferença. O branco e o nude ajudam a dar aquele ar de leveza.

1

Lisa DenglerJoana GröblinghoffFanny Lyckman

a

Gosta de chamar atenção de uma forma positiva? Aprende com o Bunita a usar direitinho as cores!

 Observar as cores que “conversam” entre si já é uma boa dica a se pensar quando o assunto é usar esses tons fortes.

1

Laureen UyNatalie Leung.

Exemplos de cores que conversam entre si:

– Azul e vermelho: Um vestido azul, combinado com uma sapatilha vermelha.

–  Tons pastéis com rosa forte

– Verde escuro com vinho

– Verde Petróleo com cinza: Calça verde petróleo com uma blusa básica cinza.

Os itens acima são as minhas dicas básicas mas fiz uma pequena pesquisa e achei diversas combinações. Olha só!

a

Tecnologia, cor e brasilidade: Verão 2013/2014 – Minas Trend Preview

O Minas Trend Preview terminou dia 12 e consolidou o sucesso das nossas marcas mineiras.

O primeiro desfile foi externo, no nosso lindo Parque das Mangabeiras. Victor Dzenk, numa parceria com o designer de bolsas Rogério Lima, abriu a programação de desfiles com muita flor, pássaros e cores. Tudo inspirado na personalidade de Clara Nunes.

1

Créditos: Agência Fotosite/Divulgação2 Clara Nunes: Inspiração no desfile de Victor Dzenk

Em seu desfile interno, a Vivaz ficou bem dentro do tema tecnológico do Minas Trend desse ano. A coleção, cheia de fendas, decotes, bordados e muito brilho, apostou no rosa clarinho e nude. Além disso, vimos muitos decotes geométricos. Tudo pra dar um ar meio tecnológico nas produções de festa.

1

Créditos: Agência Fotosite/Divulgação

A Gig, que apresentou sua coleção no mesmo dia que a Vivaz, teve um clima meio carnavalesco. O tema em questão era a brasilidade, nossos carnavais, nossa diversidade e criatividade. Olha só a primeira foto. É o chevron, que falamos um dia desses aqui. Lindo!

Desfile de Gig-  Minas Trend - Verao 2014 Fotos: Ze Takahashi/ FOTOSITE

Créditos: Agência Fotosite/Divulgação

A inspiração da marca Patricia Motta foi bem literal: garotas dos anos 50. Só de ver os looks, dá pra perceber bem essa referência. Saias rodadas, suéter preso no pescoço e rabo de cavalo foram as características marcantes do desfile, e também marcantes na década de 50. Assim como o desfile do Victor Dzenk no Parque das Mangabeiras, vimos o tie-dye, só que agora no couro.

1Créditos: Agência Fotosite/Divulgação

%d bloggers like this: